Artigos com o tema:

Centrada na Pessoa

1. Introdução

Este estudo tem como proposta falar dos desafios que abarcam o plantão psicológico amparado pela abordagem centrada na pessoa, que podemos definir como centrada no cliente, pois ao paciente cabe a condução do processo terapêutico, o terapeuta é um mero facilitador deste processo, esta terapia surgiu como terceira via em meados do século 20, onde predominava a psicanálise e o behaviorismo, é a corrente humanista, com uma nova visão de homem. Rogers em seu livro tornar-se pessoa, o qual usamos como bibliografia neste estudo, nos traz em seu repertório a importância da formação da pessoa, quando se busca viver de forma congruente consigo mesma, é uma harmonia, bem como da importância da terapia em sua essência, do crescimento do terapeuta, e a tendência atualizante, que leva os indivíduos a autonomia, gerando força nos indivíduos, os fazendo se desenvolverem, bem como suas potencialidades e das características necessárias que um terapeuta deve ter.

Leia mais: Aconselhamento Psicológico em Instituições e o Plantão Psicológico

Resumo: este trabalho tem por objetivo desenvolver o conceito de corpo, sujeito e sua relação com a cultura. Para tal, tentaremos tomar como base alguns questionamentos como: o que tá significando a palavra corpo? Até onde o culto a beleza pode nos levar? O que é o corpo afinal?

Palavras-chave: Abordagem Centrada na Pessoa, Corpo, Sujeito, Cultura.

Leia mais: Corpo, Sujeito e Cultura



Resumo: O presente trabalho de pesquisa e revisão bibliográfica exploratória deseja trazer uma reflexão introdutória, buscando compreender sobre as condições facilitadoras proposta na ACP, como estas possam contribuir para uma aprendizagem significativa. O objetivo principal de pesquisa é conhecer os principais conceitos da abordagem, e como estes colaboram para o autoconhecimento, e aprendizagem com prazer. A motivação e escolha do tema apresentado foram por acreditar neste  jeito de atuação, e na abordagem. E também ao observar o desafio em sala de aula, quanto ao crescente desinteresse de alunos pelos conteúdos pragmáticos dentro dos limites do ensino. Diante desta demanda em sala, surgiu a curiosidade em conhecer este fenômeno. A metodologia utilizada  foi usada obras clássicas traduzidas, alguns artigos ligados ao tema articulado, um DVD da coleção pensadores com a biografia do autor desta abordagem centrada. Quantos aos impactos esperados a visão foi tecer novos horizontes e perspectivas que venham facilitar cada vez mais o trabalho do professor e também ir de encontro às necessidades do aluno. Inicialmente, o primeiro capítulo vem mostrar de maneira introdutória a ACP, já o segundo capítulo vem mostrar a visão da aprendizagem significativa, sua importância nesta abordagem. Por fim espera-se que este tema de pesquisa suscite novas compreensões e novos trabalhos que viabilizem melhorias a aprendizagem.
                     
Palavras-chave: Abordagem Centrada na Pessoa, Condições facilitadoras, aprendizagem significativa.

Leia mais: Aprendizagem Significativa: Uma Visão Introdutória na Abordagem Centrada na Pessoa

A contemporaneidade tem sido marcada cada vez mais pelo constante aprimoramento das novas tecnologias e das ciências tecnológicas em geral, tais transformações impactam diversos domínios da sociedade e, consequentemente, refletem a maneira como homens estruturam suas relações subjetivas.

Palavras-chave: Relações Humanas, Tecnologia, Consciência

Leia mais: A Influência do Uso das Novas Tecnologias no Cotidiano

Resumo: Este artigo foi um estudo de caso em amputado onde visou compreender a experiência de tendência atualizante em um amputado, bem como descrever essa experiência numa perspectiva fenomenológica. Parte-se da Teoria Rogeriana de que todo sujeito tem uma tendência a autoatualização. A construção desse trabalho deu-se através de um estudo de caso e baseia-se na história de vida do sujeito pesquisado, onde se busca investigar e descrever sua experiência para posterior análise no referencial teórico. A Abordagem Centrada na Pessoa de Carl R. Rogers serviu de base para comprovar a experiência de tendência atualizante. Utilizou-se livros, artigos e tese para construção do referencial teórico. Conclui-se que a pesquisa atendeu aos objetivos propostos, visto que a experiência comprova no sujeito a experiência de tendência atualizante.

Palavras-chaves: Experiência, Tendência Atualizante, Amputado.

Leia mais: Experiência de Tendência Atualizante em Amputado numa Perspectiva Fenomenológica

Resumo: Esse trabalho tem a finalidade de refletir e analisar a contribuição de Carl Rogers acerca da Abordagem Centrada na Pessoa, que situa-se na corrente humanista da Psicologia. Desse modo, a pesquisa de cunho bibliográfica visou entender as premissas fundamentais da teoria, expor os conceitos sobre tendência atualizante e não diretividade e explicitar os conceitos de aceitação positiva incondicional e congruência. Nesse sentido, a visão de Rogers trouxe um novo olhar para Psicologia, no sentido de acreditar que a pessoa tem um potencial para a mudança, bem como tem um núcleo básico da personalidade direcionado à tendência à saúde.

Palavras-Chave: Carl Rogers, Abordagem Centrada na Pessoa, Humanista

Leia mais: A Abordagem Centrada na Pessoa (ACP)

Resumo: O presente trabalho pretende verificar como a Abordagem Centrada na Pessoa poderá contribuir com a Psicopedagogia, procurando conhecer a história da Psicopedagogia no Brasil e de seus pressupostos. A Psicopedagogia é uma área científica recente e ainda busca uma teoria para fundamentar sua prática, que vem sendo aplicada com resultados bastante efetivos. Desenvolvida a partir de diversas outras áreas do conhecimento, tem sua base principal na Pedagogia e na Psicologia, e como objetivos compreender a construção do conhecimento com todos os fatores que a influenciam, facilitando o aprendizado e identificando o que impede o sujeito de aprender. Porém, este é um conceito novo e só através do estudo da história da Psicopedagogia pode-se entender como ocorreu a evolução desta área. Com a mudança de paradigma, a Abordagem Centrada na Pessoa (ACP), corrente de pensamento psicológico criada por Carl Rogers traz uma nova forma de se compreender a aprendizagem que passou a envolver significância e experiência, e entendimento de que o sujeito aprendente possui todas as potencialidades para aprender e é por meio de uma comunicação empática que o psicopedagogo age como um facilitador para o aprendizado e a mudança do aluno. Conclui-se que a prática psicopedagógica aplicada com base na teoria da Abordagem Centrada na Pessoa pode melhorar os resultados das intervenções nos processos de dificuldade de aprendizagem.

Palavras-chave: Psicopedagogia, Abordagem Centrada na Pessoa, Aprendizagem significativa.

Leia mais: A Psicopedagogia e a Abordagem Centrada na Pessoa

Carl Ransom Rogers nasceu no dia 8 de janeiro de 1902 em Oak Park, Illinois nos EUA. Era psicopedagogo estadunidense. Um dos mais influentes pensadores americanos. Sua linha teórica é conhecida como Abordagem Centrada na Pessoa (ACP). Publicou 16 livros, dentre os quais se destacam: "Tornar-se Pessoa", "Um Jeito de Ser" e "Terapia Centrada no Cliente"

Leia mais: Carl Rogers - Biografia